O multiplayer do Gears 6 pode ser muito diferente do Gears of War 4 e 5

O desenvolvimento de jogos pode ser um trabalho difícil e ingrato. Frequentemente, as horas e os salários não valem tempo e esforço, e a crise deixa muitos desenvolvedores se sentindo cansados. Como tal, não é surpreendente ver alguns desenvolvedores saindo da indústria ou precisando de interrupções, e esse parece ser o caso de Ryan Cleven, diretor de design multijogador das duas últimas entradas da franquia Gears of War. No Twitter, o desenvolvedor anunciou sua saída da The Coalition. Cleven citou questões pessoais como seu motivo para deixar o time, mas também mencionou que o trabalho nos jogos “teve um custo”.

Será interessante ver que impacto a saída de Cleven terá na próxima entrada na série Gears. Em fevereiro, a Coalizão também viu uma grande partida na forma do chefe Rod Fergusson. Em seu post, Cleven se refere a Fergusson como um “mentor” e cita sua partida como um motivo para sair, além de um desagrado com o lançamento do multiplayer do Gears 5. Cleven não parece ser o único que se sente assim; alguns fãs e revisores ficaram entusiasmados com o aspecto multiplayer das duas últimas entradas da série.

Os comentários de Cleven sobre sua necessidade de reavaliar suas prioridades pessoais certamente dizem muito sobre as dificuldades do processo de desenvolvimento. Os jogadores geralmente têm dificuldade em entender o quanto de esforço é necessário nos jogos que amam, mas as mídias sociais permitem que pessoas como Cleven ofereçam mais uma janela do que era possível anteriormente.

Obviamente, deve-se notar que Cleven é apenas um homem, e é impossível medir o impacto que sua partida terá. Dito isto, a Microsoft ainda não anunciou oficialmente uma sexta entrada na franquia Gears of War, então pode levar algum tempo até que os fãs vejam o que acontece a seguir.

Gamenewsbr